publicidade

Consumo de bebidas no casamento varia conforme perfil dos convidados

consumo bebidas festa casamento

Na contabilidade de um casamento, cerca de 35% do total gasto fica por conta das bebidas e comidas. O número de convidados é fundamental para determinar a quantidade de bebidas que serão necessárias, mas outros fatores como época do ano, variedade de bebidas e tipo de festa também influenciam e muito o consumo.

O perfil dos convidados faz toda a diferença na hora de escolher se vai ter mais cerveja do que uísque, por exemplo. Em festas nas quais tem mais mulheres do que homens geralmente a bebida mais consumida é o espumante. Se os jovens são maioria, se prepare, pois com certeza eles beberão mais do que os parentes mais velhos.

O tipo da festa também determina se os convidados vão beber além da conta ou não. Se os noivos não abrem mão de uma boa festa, com muita música e que vai até o sol raiar, não há dúvidas de que a quantidade de bebidas terá que ser maior do que um jantar mais tranquilo.

A época do ano é outro item que deve ser observado. No verão as pessoas sentem mais necessidade de se refrescar e a cerveja, a água e o refrigerante são as opções mais desejadas. Já no inverno o consumo de vinho é muito maior, pois ele aquece e 'alegra' ainda mais o ambiente.

Para se ter idéia, uma garrafa de água sem gás é suficiente para cinco pessoas, quatro latas de cerveja servem uma pessoa e um litro de refrigerante satisfaz três pessoas. Quanto ao vinho, no inverno é necessário uma garrafa para cada quatro pessoas e no verão esta mesma quantidade serve seis pessoas. Uma garrafa de espumante serve de duas a três pessoas e 12 garrafas de uísque são suficientes para 100 pessoas.

O cálculo muda conforme a variedade de bebidas que serão oferecidas. Uma boa dica é pedir ajuda ao buffet ou a empresas especializadas. Consignar as bebidas é uma boa alternativa, pois não é preciso se preocupar com a quantidade e é cobrado somente o que for consumido. Se sobrar garrafas ou latas geladas, estas também terão que ser pagas.




Veja também

publicidade

rede social noivas