publicidade

Buquê da noiva - Deve ser feito com flores nobres e ter estilo único

buque noiva flores nobres

Um item que não pode faltar em um casamento é o buquê. Simbolizando a fertilidade do casal, o buquê também é muito disputado entre as convidadas solteiras, que se esforçam para pegá-lo e poderem casar mais rápido. Segundo Milene Szaikowski, designer, cerimonialista e proprietária da Tangram Eventos, as flores escolhidas devem ser de preferência naturais, pois dão um aspecto mais bonito. "A noiva tem que ousar no buquê. As flores nobres são mais caras e se não dá pra usar em toda a decoração, pode-se usar nos buquês", afirma.

O buquê surgiu como um amuleto para os povos antigos da Roma e da Grécia. Ele era feito com alho - para afastar os maus espíritos -, ervas ou grãos - que garantiam uma união frutífera. "Na Idade Média a noiva recebia flores durante o trajeto entre sua casa e local da cerimônia, chegando até lá com uma braçada de flores. Neste mesmo período os casamentos aconteciam em junho, início do verão. Como o primeiro banho do ano era tomado em maio, o cheiro das pessoas ainda era tolerável, mas mesmo assim as noivas carregam buquês de flores para disfarçar o mau cheiro", conta Milene.

A cerimonialista ressalta que o buquê pode ter um único tipo de flor, ou ainda usar um mix com vários tipos de flores. "O buquê deve ter estilo único, não deve combinar com o restante da decoração e tem que estar em equilíbrio com o estilo do vestido. Não se pode passar a impressão de que as flores da decoração foram tiradas para montar o buquê às pressas. Porém, o buquê deve combinar com o estilo do casamento. Se o casamento é todo suntuoso, não combina um buquê de mosquitinhos ou flores do campo. Mas em um casamento numa chácara ou sítio, mosquitinhos, flores do campo ou girassóis cabem super bem", aconselha.

Na hora de entrar na igreja, a noiva deve segurar o buquê junto ao corpo, apoiando-o no osso do quadril, assim a mão fica firme e não esconde o vestido. "A noiva pode optar por jogar o buquê com o qual ela casou as convidadas ou fazer um especialmente para este momento. Muitas pessoas inovam e jogam o buquê com flores separadas, assim mais de uma convidada pode ser contemplada", acrescenta a cerimonialista. Milene finaliza dizendo que o buquê deve ser jogado mais para o meio da festa, pois quando isso acontece todos os protocolos do casamento já foram cumpridos.

Serviço: Tangram Eventos
Site: http://www.tangrameventos.com.br
Blog: http://www.noividades.com
Twitter do blog www.twitter.com/blognoividades
Email: tangram@tangrameventos.com.br
Telefone: 41 3233-0478 / 9655-4547


Fonte: Toda Comunicação



publicidade

publicidade