publicidade

Bolo falso ganha espaço na decoração dos casamentos

bolo falso ganha espaço no casamento

O bolo é uma das grandes atrações de uma festa de casamento. Com diferentes coberturas, texturas, cores e sabores eles viraram praticamente uma obra de arte, que remete as características dos noivos. Além de fazer parte de um ritual importante da festa - o tão esperado corte do bolo -, ele também é muito desejado pelos convidados que querem saboreá-lo.

Normalmente o bolo fica exposto em uma mesa situada em um local de destaque, bem iluminado e visível por todos. Por este motivo muitas noivas ficam na dúvida se encomendam apenas o bolo verdadeiro, geralmente coberto com pasta americana que permite infinitos acabamentos - ou se opta por um bolo falso que ficará exposto e outro real que ficará na cozinha para ser servido aos convidados.

O bolo falso é feito de isopor, coberto com pasta americana e leva a decoração que a noiva quiser. Como os noivos brindarão com ele, há um pedaço do isopor que é retirado e neste espaço é colocado glacê, para que o casal possa 'cortar' o bolo e tirar as fotos que farão parte dos momentos mais importantes do casamento.

A vantagem do bolo falso é que - independente do número de andares e do seu tamanho - ele não vai desmanchar, derreter ou rachar até o momento de ser cortado. Ele também não exige muitos cuidados durante o transporte e não há problemas em ficar exposto sob forte iluminação durante várias horas seguidas.

Outro benefício é que o bolo verdadeiro fica na cozinha, refrigerado, com a massa e o recheio molhadinhos, pronto para ser servido. E a cobertura pode ser de glacê ou outra considerada mais gostosa do que a pasta americana. Além disso, como não será necessário fazer muitos detalhes nem uma decoração requintada, já que ele sairá da cozinha em pedaços para ser servido aos convidados, seu preço é mais em conta.




publicidade

Veja também

publicidade