publicidade

Balonê faz sucesso entre as noivas e é indicado para as magras e altas

vestidos noiva balone

O vestido de noiva é um dos itens mais importantes em um casamento. Os convidados aguardam ansiosos a entrada da noiva para saber como é o vestido, a cauda, os bordados e todos os detalhes. As noivas sonham com o traje perfeito e muitas vasculham todas as lojas até encontrar o "seu" vestido.

São vários os modelos disponíveis e cada um é indicado para um ou mais tipos físicos, valorizando o corpo da noiva. O modelo balonê, por exemplo, é um típico corte no qual o modelo é franzido na altura da cintura e costurado de forma que fique curvado em direção aos joelhos ou aos pés.

O balonê fez sucesso nos anos 80 e voltou em diversos modelos, comprimentos e com muitos detalhes. O modelo - que lembra um balão cheio na parte inferior - pode ter vários decotes para diferentes horários. O tomara que caia e o frente única são mais indicados para casamentos noturnos e o de alcinha para casamentos pela manhã ou a tarde.

Os detalhes no vestido ficam por conta dos bordados na parte de cima e nas pedrarias que podem ser colocadas nos pontos franzidos da saia. Por ser um modelo mais despojado, o balonê dá uma sensação de rejuvenescimento, elegância e suavidade. As noivas podem optar pelas versões mais volumosas, com rendas, organza e vestidos com aplicação de cristais e vidrilhos.

Este modelo é mais indicado para as mulheres altas, pois o volume da saia achata a silhueta, prejudicando as mais baixinhas. Quem está acima do peso também deve procurar outro tipo de saia e fugir do balonê, já que ele aumenta as proporções e deixa a mulher mais cheinha.

Imagem cedida gentilmente por Marilia Amaral - http://www.mariliaamaralrigor.com.br




publicidade

Veja também

publicidade