publicidade

Amigas no cortejo do casamento

amigas cortejo casamento

Toda noiva tem amigas que são especiais, que a acompanharam durante a infância e adolescência e sempre estiveram presentes nos momentos bons e ruins. Na hora do casamento surge a vontade de dar um lugar especial a elas, mas o que fazer quando as amigas são solteiras ou número de padrinhos já extrapolou o limite?

Uma boa idéia é convidá-las para serem damas de honra adultas, também chamadas de bridesmaids ou demoiselle. O costume surgiu na Idade Média e tinha como objetivo afastar e confundir os maus espíritos. As amigas da noiva se vestiam de forma parecida e entravam antes dela no cortejo e também espantavam as energias negativas.

O tempo passou e as bridesmaids continuaram fazendo sucesso nos casamentos, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. As damas costumam usar vestidos parecidos, que podem ser do mesmo modelo e até da mesma cor. Elas devem entrar no cortejo carregando um buquê, que pode ser igual ao da noiva ou diferente.

É bom lembrar que o vestido deve ser mais simples e sem muitos detalhes para não chamar mais atenção do que a noiva. A cor dos vestidos pode combinar com a decoração que a noiva escolheu para o casamento ou estar em sintonia com as cores do buquê. Quanto ao comprimento não existe regra, basta à noiva escolher o que mais lhe agrada.

Além das amigas, irmãs, primas e tias queridas também podem fazer parte das escolhidas. Não existe número certo e o ideal é que as damas de honra adultas entrem em duplas, sempre com as mais baixas na frente e as mais altas atrás. A música pode ser especial para este momento ou ser a mesma escolhida para a entrada da noiva.

As noivas que desejam ter damas de honra adulta, mas também não querem ficam sem a participação das crianças podem ficar tranquilas. As bridesmaids não impedem a escolha de daminhas e pajens, que podem entrar na cerimônia com as alianças, jogando pétalas de rosas e até carregando brinquedos ou a Bíblia.




publicidade

Veja também

publicidade